Front in Rio 2011 - Eu fui!

Logotipo Front in Rio 2011 Enquanto as minhas esperanças de ir para o Rock in Rio deste ano acabaram, não pude deixar de acompanhar meus colegas @romulojales, @kenjiyamamoto e @davidsonFellipe na edição do Front in Rio 2011.

É o primeiro evento que participo como funcionário da Globo.com, e devo confessar que é também o primeiro evento fora do ambiente acadêmico. Não, não palestrei… esse papel foi muito bem desempenhado pelas grandes pessoas que estiveram “em cima dos palcos”.

@font-face

Maujor no Front in Rio 2011 E para começar bem o dia, fui logo ver o mestre, o “dinossauro das CSS“, @maujor.

Em uma palestra descontraída, ele nos apresentou a propriedade @font-face da CSS3. Agora podemos deixar os designers utilizarem as fontes que bem entenderem (calma, estou sendo exagerado), pois com este recurso, poderemos “uppar” um arquivo de fonte para um servidor remoto. O navegador fará download deste arquivo, interpretando assim os mais bizarros font-family que o “pessoal do photoshop” sempre quis utilizar:

Android UI Design Patterns & Melhores Práticas

Em seguida, Oscar Marques esclareceu ao pessoal sobre as melhores práticas do desenvolvimento Android tratando-se de front-end.

Embora a palestra tenha sido bem rápida, o Oscar foi capaz de transmitir alguns conceitos e cuidados em relação ao desenvolvimento Android. Foi interessante ver que o pessoal tem uma forte preocupação com a usabilidade, principalmente levando em conta o fato que o Android está disseminado nos mais diversos tipos de dispositivos.

Desbravando o HTML5 Boilerplate

E a HTML5 esteve fortemente representada neste Front in Rio. @zenorocha me convenceu a deixar com que o pessoal do HTML5 Boilerplate guiasse a estrutura dos meus próximos projetos com HTML5.

Em uma palestra com bastante momentos práticos, Zeno nos explicou a filosofia do projeto e seus artefatos. No final, nos presenteou com alguns links, entre eles o django-html5-boilerplate.

Seletores

Depois do almoço, e de uma caminhada para conhecer um pouco mais o bairro da Urca, foi a vez de prestigiar o colega de trabalho @fabiomiranda.

“Mago dos seletores”, como denominado por alguns colegas, o Fábio ajudou a construir a engine de seletores da Mootools. Além de nos apresentar a Sizzle (utilizada pela jQuery) e a Slick (utilizada pela Mootools), propos a análise de alguns seletores e nos fez pensar sobre performance.

A palestra, embora recheada de piadas internas, foi extremamente útil:

Animações e Jogos além do canvas

E mais uma vez a dupla HTML5 e CSS3 teve vez com a palestra do @andrewsmedina.

Andrews apresentou alguns argumentos para deixarmos de pensar somente em canvas quando o assunto é desenvolvimento de jogos para a Web, e considerarmos o uso de “elementos comuns” (como divs) e das propriedades de animação e transformação da CSS3.

Ele desenvolveu um pacman simples, que ilustrou muito bem o objetivo da palestra. O projeto, inclusive, está no GitHub.

Canvas vs. SVG

Para finalizar o dia, o amigo @davidsonFellipe fez um comparativo entre canvas e svg, dando dicas de uso de ambos (em seus respectivos cenários). Para aqueles que ainda têm dúvidas sobre onde usar cada um, foi uma palestra extremamente esclarecedora.

A sua palestra lembrou-me muito um post que fiz ao Profissionais TI sobre o assunto. No final das contas, concordei 100% com tudo o que foi proposto pelo palestrante.

Considerações finais

Voltei para casa, com aquele sentimento de um grande dia. Posso resumir assim esta edição do Front in Rio 2011 (e olha que tinham mais palestras para assistir!).

Agora é esperar até o ano que vem, e quem sabe, deixar de ser somente um “consumidor”.