Posts com javascript

Deixe darem pitaco no seu código com Prettier

Logo do Prettier

Code formatters são uma boa ideia. Acredite! Demorei a dar o braço a torcer, mas depois de alguns "Hello world" em Go admito que a ideia de ter um código bem formatado, sem necessitar da destreza do programador para isso, é uma ideia excelente.

Eu me rendo: VS Code

Logo do VS Code

É, caro leitor... chegou o dia de admitir que tenho usado outro editor além do Vim. Pode me julgar, me chamar de "poser" ou de "vendido", mas acontece que tenho descoberto no VS Code, da Microsoft, uma excelente ferramenta para desenvolvimento Web.

Vivendo sem o Grunt

Logotipo do Grunt

No meu primeiro contato com o Grunt, ele não me convenceu. Qual era a necessidade de um task runner se eu já tinha o Makefile? O mesmo valia para o build de estáticos... Frameworks como o Django já possuíam um pipeline de concatenação e minificação, não sendo necessário que um processo externo interferisse em algo que (até então) funcionava muito bem.

Afinal, o que são Closures?

Caixa de papelão representando Closures Olá pessoas!

Sabem aqueles conceitos, que a gente sempre utiliza e chega alguém com um nome “pomposo” para a parada (que você nunca ouviu falar)? Isso aconteceu comigo com closures.

Fazendo Javascript OO de forma fácil

Logotipo do Javascript Essa é uma dica valiosa para o pessoal que quer escrever um Javascript mais “bonito”.

Embora a linguagem (em sua essência) seja Orientada a Objetos, temos que admitir que ela foge um pouco do convencional através do estilo de escrita prototype. Quero dizer que, é possível utilizarmos conceitos como encapsulamento, herança, atributos e métodos públicos e privados, etc. Mas de uma maneira um pouco diferente se comparada a linguagens como Python ou PHP.

As camadas do desenvolvimento Web

World Wide Web Se eu aprendi alguma coisa com o xHTML, foi: Separar marcação, estilos e comportamento tornam a sua vida muito mais feliz.

Assim como tratando-se de acessibilidade, quando falamos em “camadas de desenvolvimento Web“, estamos (a grosso modo) falando de semântica. E nisso, o HTML5 vem nos presenteando com tags supimpas como a section e article.